Curso Analista Contábil – Aspectos Práticos (título alternativo: Gestão Contábil – Análise e Encerramento das Demonstrações Contábeis) *PRESENCIAL*


Analista Contábil – Aspectos Práticos (título alternativo: Gestão Contábil – Análise e Encerramento das Demonstrações Contábeis) *PRESENCIAL*

Objetivo:

Partindo de um balancete de verificação inicial, será desenvolvida, em âmbito prático, mediante o uso de planilhas eletrônicas, a adequação ao plano de contas referencial da RFB, realização de lançamentos contábeis complementares, revisão de nomenclaturas e reclassificações entre contas ou grupos, conciliação de contas patrimoniais – fontes internas e externas, cruzamento com obrigações acessórias, ajustes decorrentes dos novos métodos e critérios contábeis vigentes comuns às entidades de fins lucrativos (exceto S/A) enquadradas como PME (NBC TG 1000 - Resolução CFC 1.255/2009) - tais como quotas de depreciação de bens do ativo imobilizado, ajustes a valor presente, a valor justo, provisões e perdas por recuperabilidade de ativos - e seus reflexos tributários a partir da vigência da Lei 12.973/2014, cálculo e contabilização do IRPJ e CSLL – corrente e diferido (real e presumido) e os detalhes prévios à elaboração das demonstrações contábeis, no âmbito da ECD, com ênfase em Notas Explicativas e Demonstração de Fluxos de Caixa (DFC).

Público Alvo:

Profissionais da área contábil em geral, com maior ênfase aos assistentes e analistas que procurem por atualização ou reciclagem na matéria. Preferível que o participante seja usuário de planilhas eletrônicas (Office Excel).

Nível:

Intermediário/Avançado. Pré-requisito:

curso de Prática de Lançamentos Contábeis ou atuar com escrituração contábil há pelo menos 3 (três) anos.

Metodologia:

associa interação de ordem prática com o participante com exposição de fundamentos teóricos, apresentados na apostila.

Obrigatório o uso de notebook com MS Office Excel ou equivalente instalado.

Programa:

1 – Balancete de verificação preliminar

1.1 – Análise da consistência dos saldos

1.2 – Adequação de nomenclatura de acordo com as normas contábeis vigentes

1.3 – Reclassificações de saldos

1.3.1 – Entre Circulante e Não Circulante

1.3.2 – Entre Ativo e Passivo (ou vice-versa)

1.3.2.1 – Uso de contas redutoras

1.4 – Mapeamento com o plano referencial e identificação da necessidade de abertura de contas

2 – Importação de registros de outros módulos ou sistemas

3 – Lançamentos contábeis complementares (destaques)

3.1 – Mercadorias faturadas e não entregues

3.2 – Devolução de venda do exercício social anterior

3.3 – Perdas estimadas com créditos de liquidação duvidosa (PECLD) e perdas no recebimento de créditos

3.4 – Rendimentos de aplicações financeiras de renda fixa

3.5 – Créditos de ICMS, PIS e COFINS sobre aquisição de ativo imobilizado

3.6 – Despesas e receitas antecipadas

3.7 – Juros sobre empréstimos, IOF e IRRF incidentes

3.8 – Atualização monetária de tributos a recuperar

3.9 – Apropriação de juros e multa de mora e atualização de parcelamentos tributários

3.10 – Variações cambiais

3.11 – Ganho ou perda na alienação de bem do ativo imobilizado

3.12 – PIS/COFINS apurados no período sobre demais receitas e créditos (regime não cumulativo)

3.13 – Reclassificações e transferências entre contas

4 – Conciliação das contas patrimoniais

4.1 – Principais fontes de informação

4.1.1 – Externas

4.1.2 – Internas

4.2 – Check-list

4.2.1 – Extratos, demonstrativos e relatórios

4.3 – Individualização analítica

4.3.1 – Por título e participante

4.3.2 – Por bem ou direito

4.4 – Cruzamento com declarações e obrigações tributárias acessórias

5 – Ajustes decorrentes dos novos métodos e critérios contábeis – entidades com fins lucrativos enquadradas como PME

5.1 – TG 1000 – Resolução CFC 1.255/2009 – aspectos gerais

5.2 – Quotas de depreciação do ativo imobilizado

5.2.1 – Sobre custo de aquisição

5.2.2 – Sobre acréscimo decorrente de custo atribuído

5.3 – Ajuste a valor presente

5.4 – Ajuste a valor justo

5.5 – Provisões para riscos

5.6 – Perdas estimadas com recuperabilidade de ativos (impairment)

5.6.1 – Estoques

5.6.2 – Imobilizado

5.7 – Reflexos tributários após a vigência da Lei 12.973/2014

5.7.1 – Adoção de subcontas

5.7.2 – Controle na Parte B do Lalur/Lacs da ECF

6 – Juros sobre capital próprio e lucros distribuídos

6.1 – Cálculo e contabilização dos JSCP

6.1.1 – Contabilização proposta pela IN RFB 1.700/2017 – Exclusão no Lalur/lacs

6.2 – Lucros distribuídos com isenção de IRRF

6.2.1 – Pré-requisitos legais e contratuais

7 – IRPJ e CSLL –

1,5 h

7.1 – Cálculo e contabilização do IRPJ/CSLL

7.1.1 – Devido (corrente)

7.1.2 – Diferido

8 – Demonstrações contábeis

8.1 – Observância quanto ao leiaute e regramento da ECD

8.2 – Notas explicativas

8.3 – Demonstração dos fluxos de caixa (DFC) – método indireto

8.4 – Ajuste decorrente de retificação de erros de exercícios anteriores - comentários

 

FICOU COM DÚVIDAS?

Édison aguarda seu contato.

 

CONHEÇA NOSSOS OUTROS CURSOS - ÉDISON REMI PINZON